<$BlogRSDURL$>

21.3.04

Para uma certa raposa... 

Contam que certa raposa,
Andando muito esfaimada,
Viu roxos, maduros cachos
Pendentes de alta latada.

De bom grado os trincaria;
Mas, sem lhes poder chegar,
Disse: - "Estao verdes, nao prestam.
So' os caes os podem tragar".

Eis cai uma parra, quando
Prosseguia o seu caminho;
E, crendo que era algum bago,
Volta depressa o focinho. :-)

Bocage

Comments: Enviar um comentário

This page is powered by Blogger. Isn't yours?